SINPOL RIBEIRÃO PRETO

Sinpol no site Tribuna Ribeirão

CAMPOS ELÍSEOS – Bairro de RP bate recorde de furtos

(Foto: Alfredo Risk/Tribuna Ribeirão)

A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) divulgou na segunda-feira, 25 de julho, os índices de crimina­lidade em todo o estado. Os cri­mes contra o patrimônio, prin­cipalmente os furtos diversos, tiveram, na cidade de Ribeirão Preto, a maior alta, de 48% em junho em relação ao mês ante­rior. Somente os casos de furto de veículos é que tiveram queda de 10,75% no mês.

A cidade registrou 1.006 fur­tos no mês de junho. A última vez que o número de casos teve quatro dígitos foi em dezembro de 2018, de acordo com as es­tatísticas da SSP-SP. No mês de maio foram 679 ocorrências. Pelos números, Ribeirão Preto registrou, em junho, uma média de 33 furtos diários.

Os casos de roubo – quan­do a vítima sofre ameaça (en­tram na estatística os de carga e a bancos) – também cresceram. Foram 231 casos no mês, con­tra 197 em maio, resultando em uma alta de 17,25%. Os roubos de veículos acompanharam a tendência de alta. Em junho, 31 carros foram furtados na cidade, praticamente um por dia. No mês anterior foram 27, o que re­presentou alta de 14%.

Somente os furtos de veícu­los é que tiveram redução entre os indicadores de crimes contra o patrimônio. Em maio, 139 veí­culos foram furtados. Em junho, com queda de 10,75%, foram levados 124 veículos. Ainda as­sim, a média diária foi de quatro veículos furtados a cada dia na cidade, durante o mês de junho.

Explosão de furtos
Foram registrados 4.301 fur­tos na cidade, de janeiro a junho deste ano, segundo a SSP. Grande parte dos produtos furtados é de itens de fácil comércio, repassa­dos a receptadores. O aumento foi sentido em todas as regiões. A maior alta, todavia, ocorreu na área do 2º Distrito de Polícia, nos Campos Elíseos, com 366 casos em junho – recorde –, ante 125 de maio, 241 a mais e avanço de 192,8%. Em seis meses são 997.

Vila Virgínia
Os roubos nos Campos Elíseos também subiram de 35 para 62. São 27 a mais e au­mento de 77,1%. Acumula 241 ocorrências em seis meses. Os furtos de veículos ficaram está­veis (27 em cada período) e os roubos de carros, motos e afins disparam 150%, de quatro para dez, seis a mais. Na Vila Virgínia e região, área do 6º DP, os furtos cresceram 79,6% no mês passa­do, saltando de 54 para 97. São 43 a mais e 3.391 no primeiro semestre. Os roubos avançaram de 15 para 21, seis a mais, alta de 40% e 124 no ano. Ocorrências envolvendo veículos caíram.

Vila Tibério
Na Vila Tibério, área do 3º DP, os furtos cresceram 38,5%, de 117 para 162. São 45 a mais e 737 de janeiro a junho. Os roubos caíram e os casos envol­vendo veículos tiveram leva alta. Em Bonfim Paulista, onde fica o 7º DP, o aumento de furtos foi de 18,75%, de 16 para 19, três a mais e 101 no ano. Os roubos disparam de três para dez, sete a mais e avanço de 233,33%. São 34 em seis meses.

Marincek
A região do Antônio Marin­cek, onde fica o 5º DP, teve alta de 14% nas ocorrências de furto, passando de 86 em maio para 98 em junho, doze a mais. No ano são 478. Os roubos passaram de 25 para 36, onze a mais e alta de 44%, somando 162 no pri­meiro semestre. Os furtos de veículos na região avançaram de 14 para 20, seis a mais e au­mento de 42,9%, totalizando 83 em 2022. Os roubos de ve­ículos ficaram estáveis.

Centro
No Centro, área do 1º DP, as ocorrências de furto cresceram 12%, de 91 em maio para 102 em junho, onze a mais, com 472 em seis meses. Os roubos passaram de 16 para 26, dez a mais e aumento de 62,5%, to­talizando 127 em 2022. Furto e roubo de veículos ficaram estáveis. Apenas a Zona Sul (4º DP) e o Jardim Paulista (8º Distrito Policial) tiveram redu­ção de casos de furto em ju­nho, em relação a maio: 18,1% e 6%, respectivamente.

Zona Sul
Na Zona Sul, os furtos caí­ram de 127 em maio para 104 em junho, 23 a menos e 739 no ano. Os roubos passaram de 33 para 20. São 13 a menos, que­da de 39,4%. São 181 em seis meses. Furtos e roubos de veí­culos, antes um grande proble­ma para moradores da região, despencaram 32,3% (de 31 para 21) e 100% (de cinco para nenhum), respectivamente.

Jardim Paulista
No Jardim Paulista, os furtos caíram de 63 para 58 na compa­ração mensal, cinco a menos e 386 no ano. Os roubos avança­ram de 20 para 24, quatro a mais e alta de 20%, totalizando 136 em 2022. Os furtos de veículos despencaram 321%, de 25 para 17, oito a menos e 127 em seis meses, e os roubos de carros, motos e afins ficaram estáveis.

Opinião
Os bairros citados são as an­tigas sedes dos Distritos Policiais (DPs), hoje funcionando num único local, a Central de Polícia Judiciária (CPJ) Integrada, na avenida Independência. Tenen­te-coronel aposentado da Polí­cia Militar, Marco Aurélio Gritti é especialista em segurança, ad­vogado, consultor em Seguran­ça e Gestão de Riscos, bacharel e mestre em Segurança Pública e representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Conselho Municipal de Segu­rança Pública.

Ele explica que furtos geral­mente alimentam vícios. “Em regra, os furtos e roubos servem para alimentar o vício em álcool e drogas, notadamente no Cen­tro de RP, devido ao número de pessoas em situação de vulne­rabilidade (moradores de rua e usuários de drogas). Assim, além do combate ao crime (con­sequência), há que haver um trabalho preventivo no âmbito social e de saúde (causa).”

(Foto: Divulgação/Sinpol)

Sinpol
O Sindicato dos Policiais Ci­vis da Região de Ribeirão Preto (Sinpol) vê esses índices com preocupação. “O furto é um crime de ocasião. Muitas vezes é cometido pela facilidade do momento. O grande problema com isso é a investigação”, adver­te o presidente do Sinpol, Célio Antônio Santiago.

“Juntaram oito distritos no mesmo prédio para esconder a falta de recursos humanos. O Sinpol constatou que temos apenas dez investigadores para todos os distritos. Quan­do trabalhei no 2º Distrito Policial, nos Campos Elíse­os, no começo da década de 1980, éramos em mais de 20 investigadores. Só naquele dis­trito. E o complexo do Quin­tino Facci ainda estava sendo formado”, lembra Santiago.

Fonte: https://www.tribunaribeirao.com.br/site/campos-eliseos-bairro-de-rp-bate-recorde-de-furtos/

Postagens Relaciondas