SINPOL RIBEIRÃO PRETO

ENCONTRO POLÍTICO

Pré-candidatos visitam Sinpol

Diretoria reuniu-se com dois possíveis candidatos nas eleições de outubro e ouviu de ambos o compromisso de lutar pela categoria

A diretoria do Sinpol esteve reunida, na terça-feira (14), com dois pré-candidatos às eleições de outubro. Visitaram a sede social do Sindicato o pré-candidato a deputado federal, Luciano Mega, e o pré-candidato a deputado estadual, Leandro Francois.

Ambos foram convidados pelo vice-presidente do Sinpol, Darci Gonzales e, durante o encontro, apresentaram suas propostas, projetos e o compromisso de lutar pelas causas dos policiais civis. Participaram do encontro o presidente do Sindicato, Célio Antônio Santiago, o o vice-presidente Darci, além dos diretores Fátima Aparecida Silva, Cristina Moroti Felix e Júlio Cesar Machado.

Luciano Mega

Pré-candidato pelo Avante, Luciano Mega é médico, com especialidade em pediatria. Foi suplente de vereador na Câmara Municipal de Ribeirão Preto no período de 2013 a 2016, chegando a assumir interinamente. Nas eleições de 2016, elegeu-se vereador, exercendo seu mandato entre 2017 e 2020. Com diversos projetos aprovados.

Ingressou aos 17 anos na FMRP-USP (Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto), concluindo seu curso aos 23 anos e especializando-se em pediatria. Foi servidor público municipal e é servidor público estadual, atuando no Hospital das Clínicas.

Também é professor universitário, docente na Faculdade de Medicina da Unaerp. E atua como médico pediatra. “Não acho que precisemos de leis. Temos boas leis. Precisamos é de fiscalização e busca por justiça. Justamente por isso, trabalho com independência, pois entendo que no legislativo, somos eleitos para fiscalizar. E pretendo fazer de forma autônoma, independentemente de partido”, explica Mega.

Ele entrou na política para ampliar sua esfera de alcance profissional. Começou como médico, ampliou para professor e ingressou na política para abranger um público maior, com transformação social através de seu trabalho. Mega explica que, como deputado federal, pretende padronizar as Polícias Civis de todos os estados, evitando discrepâncias, de cargos e salários.

Ele demonstrou solidariedade aos policiais civis paulistas e acha absurdo estarem entre os piores salários do Brasil. Sabe da importância de um trabalho de inteligência na Polícia Civil e pretende criar instrumentos para que isso seja aperfeiçoado. Garante que estará sempre pronto para atender as categorias, se eleito for. “Minhas portas estarão sempre abertas para o Sinpol e para os policiais civis”, afirma.

Leandro Francois

Natural de Ribeirão Preto, Leandro Francois é filho de um policial militar aposentado. Formado em direito, atua como advogado especialista em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho, tendo participado de cerca de 150 processos na área, em todo o Estado. Se pauta, sobretudo, pela preservação do respeito às normas da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e representa tanto trabalhadores, quanto grandes empresas nacionais atuantes nos mais variados segmentos.

É pré-candidato a deputado estadual pelo Cidadania e faz sua estreia na luta por um cargo eletivo. “Acredito na mudança. A Política precisa de pessoas novas, sem vício político. Quero trabalhar como sempre trabalhei, ajudando, mas de uma forma macro. Sou filho de um policial e vivi muitos anos dentro de uma delegacia, como profissional”, revela.

Justamente por sua vivência, Francois destaca a importância em melhorar o quadro de policiais civis. Ele cita como maior exemplo da defasagem o fechamento dos oito distritos, colocando o que sobrou em um único prédio. “Não se tem preparo, não se dá condições de trabalho aos policiais civis e não se respeita a população”, acrescenta.

Advogado de carreira, firma seu compromisso não só em lutar pelo que está escrito nas Constituições Estadual e Federal, mas sobretudo manifesta sua vontade política de lutar pelo que defende. “Quero uma Polícia Civil melhor, com mais condições. Quero que o governador faça concursos imediatos, para melhorar essa situação”.

Francois se colocou à disposição do Sinpol para levar suas lutas adiante. Não somente como deputado, mas colaborando também como advogado, analisando e dando ajuda técnica. Ele demonstra grande desapontamento em relação a parlamentares da própria Instituição que não teriam lutado ao lado de sua classe e garante que será uma voz ativa em favor dos policiais civis. “Pretendo entrar não fazendo promessas, mas ouvindo minha base. E, uma vez eleito, lutar para que minha base seja dignamente representada. Minhas portas estarão sempre abertas ao Sinpol e aos policiais civis”, conclui.

Segundo o presidente do Sinpol, Célio Antônio Santiago, o sindicato, democraticamente, recebe os candidatos que tenham reais compromissos com os policiais civis. “Queremos ter representatividade e vamos contar com as portas abertas caso eleitos”, observa Célio.

Sinpol – Comunicação Social

A partir da esquerda, em sentido horário: Cristina, Fátima, Leandro, Célio, Luciano, Júlio e Darci
Célio e Luciano Mega
A partir da esquerda: Júlio, Leandro, Célio, Darci, Fátima e Luciano
Célio, Leandro, Luciano e Darci

Postagens Relaciondas